Blog em Linha Reta

Onde é que há gente no mundo?

Paisagem de chuva

Arrancou seus óculos e jogou-os pela janela em um único gesto desolado.
De nada lhe serviam se a única coisa que queria era sentir o cheiro da chuva e o frio das gotas daquela madrugada que oprimia com sua escuridão.
Ao caírem na calçada, nove andares abaixo, as lentes fizeram-se em cacos e formaram um reflexo estilhaçado de uma fotografia de mulher, já irreconhecível no papel que se desmanchava na poça d’água.