Blog em Linha Reta

Onde é que há gente no mundo?

Coincidência

o gosto de café que eu sinto
é do café que eu bebo.
o filme que passa
é o filme que eu assisto.
o ar do ambiente que vivo
é o ar que eu respiro.
a vontade de dormir
é o sono que tenho.

a fome é a que sinto.
o cheiro é o que percebo.
as músicas, as minhas.
o sol, de dia.
à noite, a mesma boemia.

meias e blusas e calças, as mesmas.
madrugadas no computador, do mesmo jeito.
uma poesia média, sou sempre médio.

tudo é tudo a mesma coisa.
nada saiu do lugar.

a pequena diferença é que
o filme que eu assisto
é o filme que passa.
o ar que respiro
é o ar do ambiente que vivo.
o café que eu bebo
tem gosto do café.
o sono que eu tenho
é a vontade de dormir.

todas essas coisas
começaram a coincidir
comigo.

mas o que me intriga,
me supreende,
e me faz pensar
são os passarinhos.
estes pequenos diabinhos
que sempre cantam tão cedo!

eles que não gostamos
quando ouvimos
nós dois, na cama,
porque já é manhã
e é hora de dormir…